Coaching no Processo de Emagrecimento

Aprenda a abrir mão de pequenos prazeres imediatos, para conquistar um grande prazer futuro



Coaching auxilia na realização de objetivos. Portanto, se você tem como objetivo o emagrecimento, sim, Coaching ajuda neste processo. Eu tenho como guia para o meu trabalho, a Roda da Vida, que é dividida em 12 áreas, uma delas é Saúde e Disposição.

O objetivo de um processo de Coaching é fazer com que o indivíduo chegue o mais próximo possível de 100% de satisfação em todas estas áreas. Desta forma, estarão em equilíbrio, fazendo a “roda girar”, e quanto maior o raio, maior o potencial de crescimento. Saúde e Disposição é uma área que costumo chamar de “alavanca”, pois, quando bem ajustada, potencializa o desenvolvimento de várias outras áreas.

O indivíduo que tem sua saúde bem cuidada, tem melhores condições de trabalhar e mais disposição para buscar por seus objetivos. Não sou especialista em Coaching de emagrecimento, logo, vou aplicar aqui princípios gerais de Coaching e você pode encaixá-los em seu processo – seja ele qual for. Mas vamos focar em emagrecimento.

O processo de Coaching inicia avaliando seu estado atual, em seguida, projetamos o estado desejado, sendo assim, o primeiro passo é a tomada de consciência, o autoconhecimento.

Qual é o meu estado atual? Qual meu peso atual? Quais são minhas medidas? O que eu quero mudar?

O segundo passo é definir um objetivo claro: Onde eu quero chegar?

Para definir com clareza seu objetivo, vou sugerir a ferramenta SMART:

S – Especifique seu objetivo;
M – mensure, meça seu objetivo;
A – avalie se seu objetivo é alcançável, possível;
R – avalie o quão relevante este objetivo é para você, qual é a importância disso;
T – defina um prazo para atingir seu objetivo.

O terceiro passo ainda faz parte do processo de tomada de consciência. Pense sobre Ganhos e Perdas: O que eu ganho? O que eu perco?

É importante colocar na balança. Porque são muitos os ganhos, porém, ao longo do caminho será preciso deixar algumas coisinhas para trás.

O quarto passo, é identificar seus Pontos Fortes e Pontos Fracos. Desta forma, você consegue saber o que pode potencializar seu processo e quais são os pontos de atenção para que não se auto sabote.

O quinto passo é planejar. Começamos pelo como, ou seja, como vou fazer para alcançar meu objetivo? Que recursos eu tenho? Quais as possibilidades?

O sexto passo é cuidar da rotina. Neste ponto, temos 3 subpontos:

Avaliar a rotina atual;

Identificar quais atividades “roubam” seu tempo e são improdutivas;

Desenhar uma nova rotina, substituindo as atividades do ponto 2 por atividades produtivas. No caso do nosso tema, por exemplo, atividades físicas, mais tempo para cuidar da alimentação.

Vou dar algumas dicas para este ponto da rotina:

É muito importante não ser radical. Faça mudanças gradativas, para que sejam sustentáveis. Não queira sair do 8 para o 80. Por exemplo, melhore a sua alimentação, fazendo escolhas melhores, não simplesmente deixe de comer.

Em relação às atividades físicas, busque algo prazeroso e não exagere. Comece com poucos minutos por dia – porém com constância, é isto que trará resultado.

O sétimo passo, é partir para a ação. Assuma um compromisso com alguém, um grupo, um amigo, ou até mesmo um compromisso público (redes sociais). Isto fará com que você “se obrigue” a cumprir.

Por fim, faça. Não invente, nem acredite em suas próprias desculpas. Não vá na onda das outras pessoas. Seus objetivos são seus e só você pode realiza-los.

Em específico, sobre o nosso tema, o emagrecimento pode ter inúmeros fatores motivadores como saúde, bem-estar, autoestima, vaidade. Não importa qual seja o seu motivo, o fundamental é que você tenha um porquê muito forte, pois é isto o que vai mantê-lo no caminho e não o deixará desistir.


Renata Cunha

Personal e Professional Coach, membro da Sociedade Brasileira de Coaching

Renata Cunha, 39 anos, é membro da Sociedade Brasileira de Coaching (SBCOACHING) desde 2016. É formada em administração de empresas pela Universidade de Taubaté – UNITAU – com pós-graduação em gestão de logística empresarial pela Fundação Armando Álvares Penteado – FAAP. 15 anos de experiência em gestão de pessoas. Possui uma carreira sólida na área financeira em multinacionais. O coaching entrou em sua vida quando, informalmente, conheceu o idealizador do Instituto Life Coaching e grande amigo Mario Meireles, que em pouco tempo, a mostrou o caminho para aquilo que viria a ser sua missão de vida. Ele a dizia: “você é coach, só não sabe disso ainda”. Sua missão: despertar nas pessoas o que de melhor possuem dentro de si, e ajudá-las a desabrochar, encontrando seus verdadeiros propósitos. Acredita que a vida é curta demais para ser pequena e que somos grandes demais para não doarmos o nosso melhor ao mundo.




Rua Conceição de Monte Alegre, 107, Torre B - 10º andar
Conj. 101 B Cidade Monções
São Paulo, SP, 04563-060


2020 - Instituto Life Coaching