Nocaute? Cheque mate? Record? Não importa, vença!

Duas (02) reflexões para vencermos a hesitação (procrastinação)



Resultados excelentes, como tudo na vida, dependem da construção de histórico que nos levam a contar histórias. Quanto mais excelente o histórico, mais rica poderá ser a história contada.

As reflexões (livro F.O.C.C.O.) a seguir nos ajudam a vencermos a hesitação (procrastinação) e, consequentemente, nos impulsionam a resultados relevantes. Vejamo-las: 

Mesmo sendo dos últimos a saber, sejamos dos primeiros a fazer

A pergunta é: quando é que sabemos algo a ponto de fazermos?

 No conteúdo chamado para vencer, do livro 07 JOÃOZINHOS 7 MARIAZINHAS, uso um exemplo que considero muito bom, que é o de ser habilitado para dirigir um veículo. 

O processo de aquisição da habilitação é dividido em duas partes: teórica e prática. O aprendizado teórico, é sem dúvida, importante, mas não prepara o candidato para a execução, ou seja, para dirigir. Será necessário o aprendizado prático. 

Muitas vezes tomamos conhecimento de algo que, se fizermos uso, poderá fazer grande diferença nas nossas vidas, mas, na maioria das vezes, não colocamos em prática.

Aqui vem a segunda pergunta: quantas vezes soubemos de algo, ou alguém soube, muito depois de nós e terminou obtendo resultados que nós nunca conseguimos obter, pois não saímos da teoria?

A diferença não está em quanto tempo tem, que passamos a saber de algo, mas quanto tempo levamos para aplicarmos o que passamos a saber.

 

Ao invés de dizermos: não vejo a hora de… vamos dizer: já vejo a hora de…

É muito comum ouvirmos e expressarmos nossos pensamentos e sentimentos com teor negativo. 

Quantas vezes não ouvimos uma mãe dizer, não vejo a hora do meu filho(a) casar, para que vá ter a sua própria vida, ou não vejo a hora do meu filho(a) conseguir um emprego, para poder se sustentar, ou um aluno dizer, não vejo a hora desse curso terminar para começar a trabalhar?

Expressões como essas, se repetem todo dia em nossas vidas e ao nosso redor.
A pergunta que não se cala, é: o que nos leva a essas declarações? A resposta é: muitos fatores, mas, o mais determinante, acredito eu, é a herança adquirida. 

Vivemos num mundo que tem herdado das gerações passadas, o hábito, se podemos chamar assim, de focar nas coisas negativas ou no lado negativo das coisas, ao invés de focar no seu lado positivo.

Me lembro, que um dia, ao ligar para uma empresa, a moça que atendeu, me deixou perceber que ela estava abatida. Naquele momento me lembrei de uma expressão que diz que recordar é viver. 

Disse para ela o ditado e que se recordarmos as coisas boas que nos aconteceram nos sentiríamos bem, ao passo que se ficássemos recordando as coisas negativas iriamos nos sentiríamos maus.

Todos sabemos que precisamos ser realistas, mas somente na hora de fazermos uma avaliação objetiva da realidade. No demais, devemos deixar o passado negativo no arquivo morto e nos focarmos no que é positivo.

O que nos leva a não enxergarmos ou declararmos que não estamos vendo algo, ao invés de declararmos que já vemos o que desejamos é estarmos sobrecarregados com as ocorrências negativas, que muitas vezes nem são nossas, absorvemos de contatos e conversas negativos que poluíram as nossas mentes.

Vamos fazer um pequeno exercício a partir de hoje, que nos ajudará a visualizarmos os resultados que queremos alcançar, declarando sempre: Já vejo a hora para cada coisa que espero que aconteça.

Para um atleta chegar às olimpíadas (Jogos Olímpicos) precisa vencer todas as etapas eliminatórias e classificatórias. Para ganhar a medalha de ouro precisa vencer todos os concorrentes, com os quais disputar. 

Tudo começa com as pequenas vitórias. A excelência é conquistada todos os dias quando, ao invés de hesitarmos, fazemos o que tem que ser feito.


Osmar Marinho

Consultoria Empresarial

Iniciou no SEBRAE, como Técnico estagiário, em 1983, em seguida, atuou como Assistente de RH, Auditoria Interna, Administrativo de Vendas, Coordenador de Vendas, Coordenador de RH, Gerente Administrativo, Gerente Operacional, Consultor Técnico, Consultor de Administração, Consultor Empresarial. Escreveu e publicoui de forma independente os livros CHAMADO PARA VENCER e o 7 JOÃOZINHOS 7 MARIAZINHAS - TRANSFORMANDO ATITUDES EMPREENDEDORAS EM SUCESSO. Seu maior objetivo é cumprir seu juramento de honrar a sua profissão de administrador ajudando a transformar pessoas, empresas e a sociedade, deixando um legado digno de sempre se importar com todos, sem acepção. Linkledin: linkedin.com/in/osmar-marinho-de-santana-21493972




Rua Conceição de Monte Alegre, 107, Torre B - 10º andar
Conj. 101 B Cidade Monções
São Paulo, SP, 04563-060


2020 - Instituto Life Coaching