Você já agradeceu hoje?

Como usar de forma efetiva a gratidão, para melhorar seus relacionamentos, sua saúde e vida no geral.



Escrever e falar sobre gratidão é uma ação comum do nosso século, mas será que sabemos, verdadeiramente como praticar gratidão e quais seus efeitos sobre nosso corpo e mente?

Percebo constantemente que, algumas pessoas usam muito a palavra gratidão, acompanhada de hashtags, em suas redes sociais, de forma vazia. Parece que virou hábito usar esta palavra de forma corriqueira, apenas por recurso de linguagem e beleza contextual. A gratidão, falada ou escrita de forma cosmética, na maioria das vezes, sem sentimentos, sem emoção, naturalmente, perde seu sentido, uma vez que parece que nem sabemos bem, o que significa gratidão e seu real poder. E um dos fatores que nos levam a não exercer a gratidão ativa e consciente é a nossa rotina, estamos sempre com pressa, contando o tempo, como se de fato, ele pudesse ser contabilizado. Outro motivo é o marketing do consumismo. Com gratidão estando fortemente atrelada a felicidade, nos vendem a ideia de que seremos unicamente felizes, ao possuirmos, ao comprarmos e aceitamos essa ideia sem muito questionar, o que pode nos levar à frustração, e frustrados, não conseguimos agradecer. Infelizmente, somos tendenciosos a reconhecer com facilidade aquilo que nos falta, sem nos darmos conta, dos bens que possuímos.

Então, o que é a gratidão?

(origem etimológica da palavra GRATIDÃO: do Latim GRATUS = agradável, agradecido do Protoindo Europeu, PIE, GWER = elogiar, dar boas-vindas)

A gratidão na verdade, é o reconhecimento das coisas importantes que nos acontecem, da valorização das pessoas e ou, situações, que são motivos de alegria, de exaltação, de aprendizados, daqueles momentos que nos aquecem a alma e fazem nossos olhos lacrimejar. Exercer a gratidão, demanda uma certa entrega, sem pensar em tempo, com os dois pés no agora. Necessita de gasto energético, no sentido de buscar por motivos que, sem eles, nossas vidas teriam um amargor, ou maiores dificuldades, sem tantas alegrias.

O que a ciência nos diz, sobre gratidão?

Estudos científicos comprovam que; o experenciar gratidão em sua essência, potencializa a formação e solidificação dos laços com quem nos cerca, uma vez que conseguimos, através da mesma, desenvolver o uso de outro sentimento; a empatia. A gratidão, praticada de forma consciente e frequente, faz algumas partes especificas do nosso cérebro, trabalhar de forma mais produtiva e harmoniosa, produzindo regularmente hormônios necessários para nosso bem-estar e fortalecimento do nosso sistema imunológico, que por consequência, nos protege de doenças mais simples. Exercícios de gratidão, são associados a felicidade, uma vez que nos mantem mais tranquilos e relaxados, melhorando nosso sono. Nos tornamos mais positivos em relação à vida, mais animados e dispostos a praticar exercícios físicos. Nos sentimos mais bem-humorados e, nessa “vibe”, diminuímos nosso estresse. Estresse esse que, se em estados elevados, pode evoluir para problemas mais sérios, como alguns transtornos psicológicos (depressão) e ou, problemas relacionados à obesidade e cardíacos.

Como usar a gratidão diariamente de forma mais assertiva?

Antes de exercer a gratidão, devemos banir de nossas rotinas hábitos como, reclamar, menosprezar fatos que, ao primeiro olhar, parecem banais, (como acordar todos os dias, andar, escutar, etc.). Com estas simples mudanças, aprendemos a olhar para tudo com mais calma e amorosidade, com isto, não estou dizendo que devemos aceitar tudo que nos acontece sem reclamar, mas se, em situações e momentos difíceis, nos questionarmos sempre “o que a vida quer me ensinar ou mostrar, com isso?”, certamente veremos coisas boas, tiraremos algumas lições e automaticamente, seremos gratos verdadeiramente. E gratidão não tem nenhuma contra indicação, só nos faz bem. Então, vamos nos perceber mais no uso da gratidão e não vamos mais banalizá-la. Vamos usar e atestar seu poder!

Para isso, convido você a fazer um exercício de forma ativa e consciente; pegue um caderno, escreva como se sente hoje e por vinte e um dias, todas as manhãs, antes de qualquer coisa, escreva neste mesmo caderno, dez motivos por ser grato e ao lado, seu porquê. Ao final dos vinte e um dias, escreva novamente como se sente e releia o relato anterior, perceba as diferenças e… Agradeça!

Caso queira compartilhar comigo suas experiencias com o exercício, me sentirei agradecida.


Val Machado

Coach Integral Sistêmico

Valeria Machado, Mãe, Filósofa, Pesquisadora do Universo Feminino, Coach Integral Sistemico e Palestrante Motivacional. Fone: (42) 9 98802-2407  




Rua Conceição de Monte Alegre, 107, Torre B - 10º andar
Conj. 101 B Cidade Monções
São Paulo, SP, 04563-060


2020 - Instituto Life Coaching