Andropausa, Deficiência hormonal do envelhecimento masculino

Andropausa é o nome dado para a fase em que os níveis hormonais masculinos apresentam uma redução significativa.



Andropausa é o nome dado para a fase em que os níveis hormonais masculinos apresentam uma redução significativa. Também chamada de Deficiência Androgênica do Envelhecimento Masculino, Hipogonadismo de início tardio ou funcional.

Na verdade, essa queda é progressiva e se inicia após os 30 anos de idade, no geral, de forma lenta. Mas a andropausa se refere ao momento em que essa queda ultrapassa dos valores normais de testosterona, causando sintomas, o que ocorre geralmente após os 50 anos.

Diferente das mulheres, nos homens não há falência dos testículos. O que ocorre é uma redução do estímulo que é dado para que os testículos possam produzir testosterona. Diferente da mulher, onde ocorre a falência dos ovários, deixando de produzir o estrógeno e a progesterona.

Os sintomas mais comuns da andropausa são: redução da libido e outros problemas sexuais como disfunção erétil, alterações de humor como depressão, fadiga, cansaço, sonolência, redução da concentração, redução de massa óssea, ginecomastia (desenvolvimento mamário), perda dos pelos corporais, anemia, aumento de gordura corporal, menor desempenho em atividades e aumento do risco cardiovascular e de doenças metabólicas.

Os níveis normais de testosterona no sangue variam muito, podendo ser considerado dentro do valor de referência, valores desde 280 até 1200 ng/dl, dependendo do método usado no laboratório. Isso acontece justamente porque desde os 30 anos de idade os níveis hormonais começam a cair, sendo difícil manter um valor de referência mais curto para todos os homens de qualquer idade.

Ainda assim, os valores hormonais representam apenas um fator que deve ser avaliado em conjunto com os sintomas. Um homem com testosterona de 350 ng/dl pode estar muito bem, sem sintoma algum, e outro com níveis de 400 pode apresentar sintomas específicos. Ainda mais se considerarmos que este indivíduo que hoje apresenta 400 teve, durante maior parte de sua vida, níveis próximos a 1000, por exemplo. Por isso também devemos levar em consideração a evolução hormonal a longo da vida de cada um.

Além disso, a testosterona que vai agir nos tecidos, é a testosterona livre. A testosterona total inclui a que é ligada a proteína carreadora, porém dessa forma ela não exerce sua função. Esse hormônio também pode ser convertido em outros hormônios como estradiol em alguns tecidos e isso pode estar desregulado por algum motivo, levando à sintomas da queda de testosterona e excesso de estrogênio.

Outras causas da falta de testosterona devem ser descartadas, como consumo de drogas como maconha ou problemas na hipófise, como o aumento da prolactina. Além disso, o uso prévio de anabolizantes em dose excessiva para ganho de massa muscular é uma causa crescente de deficiência hormonal permanente.

A obesidade e sobrepeso é um fator de risco para a andropausa, que pode ser bem precoce nesses casos. Cada ano a população apresenta níveis hormonais mais baixos e com quedas mais precoces, e acreditamos que isso se deve entre outros fatores, ao crescimento da obesidade e distúrbios metabólicos.

O tratamento da deficiência causada pelo envelhecimento, se faz com a reposição hormonal, que é preferencialmente feita por via intramuscular ou cutânea.

É preciso monitorar o paciente para evitar efeitos colaterais que podem ser alterações metabólicas, no fígado, no sangue, crescimento de câncer de próstata existente, acne, calvície, agressividade e até apneia do sono, quando em dose excessiva.

Procure seu médico para avaliação individualizada.


Dra. Andrea R. C. Moreira

Endocrinologista

- Médica - Endocrinologista pelo Hospital da Beneficência Portuguesa de São Paulo - Complementação em Endocrinologia no Hospital das Clínicas da USP - Título de Especialista em Endocrinologia pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia - Residência de Clínica Médica no IAMSPE - Pós Graduação em Nutrologia - ABRAN Página Facebook: Dra. Andrea Moreira Consultório no Campo Belo Medical Center Av. Vereador José Diniz 3457 Conjunto 1411 São Paulo Contato: 1155311712 / 11995077071




Rua Conceição de Monte Alegre, 107, Torre B - 10º andar
Conj. 101 B Cidade Monções
São Paulo, SP, 04563-060


2020 - Instituto Life Coaching