CORONAVÍRUS: Por que devemos permanecer em casa nesse momento?

Entenda qual a importância de evitarmos a disseminação desse vírus.



Oi galera! Como médica e cidadã, resolvi nesse artigo passar e reforçar algumas informações importantes sobre a atual situação em que nos encontramos e porque a importância REAL em permanecermos em casa nesse momento.

Dentro do grupo de pessoas infectadas com o coronavírus, 20% são pacientes mais graves, ou seja, que não conseguem ter o problema resolvido na Atenção Primária à Saúde e necessitam de atendimento e internação hospitalar devido a uma síndrome respiratória aguda grave. E de acordo com a atualização da situação do coronavírus, realizado pelo Ministério da Saúde, no dia 16 março de 2020, em média 10% (considerando o caso da China) e 20% (considerando o caso da Itália) desses internados, necessitam de internação em unidade intensiva!

Em todo o território Nacional, entre hospitais públicos e privados, existem aproximadamente 460.000 leitos e 55mil leitos de UTI, sem falar que desses 55mil leitos de UTI, apenas 27 mil leitos são do SUS, os quais atendem 3/4 da população brasileira. Além disso, atualmente existe uma taxa de ocupação dos leitos de UTI (SUS + privados) de 78%. Afinal de contas, as pessoas não pararam de ficar doentes por outros motivos, muito além do coronavírus, milhares de pessoas continuam precisando de atendimento hospitalar e internação em unidade intensiva.

Uma observação, serão disponibilizados e distribuídos para os Estados 2mil leitos de terapia intensiva de instalação rápida, que terão um custo de R$396 milhões e mais R$260 milhões para a manutenção deles por um período de seis meses. Até o final do mês a estimativa é de que 540 leitos desses 2mil sejam distribuídos e instalados nos estados brasileiros. Tal medida está sendo tomada afim de cobrir a recomendação da OMS. Porém não é possível que as medidas realizadas pelo Ministério da Saúde sejam efetivas sem a ajuda de cada cidadão brasileiro.

Quanto menos pessoas ficarem doentes ao mesmo tempo, mas fácil será cuidar de cada uma delas. Caso contrário, nem a saúde pública nem a privada vão comportar a demanda por leitos.

Outro dado importante é o gráfico abaixo.

A primeira curva é o ritmo em que os casos aumentariam caso todo mundo continuasse indo para baladas, shows e eventos esportivos. A segunda curva é a redução na velocidade do espalhamento e no número total de casos, que ocorre quando todo mundo topa ficar de home office. Vale a pena sacrificar um pouco a própria diversão: mesmo que o coronavírus te dê apenas uma tosse leve, você acaba salvando a vida de outras pessoas – que não vão ficar na fila para serem atendidas – e ajuda em evitar um grande problema de saúde pública.

Aí está o motivo de tanta precaução e cuidado. Precisamos da prudência e da responsabilidade de todos! Precisamos de mais amor pelo próximo e pela nossa nação. Mais consciência e menos pânico.

Fiquem com Deus.


Dra. Hanah Arabi

Psiquiatra

Dra Hanah Arabi, membro da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), médica graduada pela Universidade Mogi das Cruzes (UMC), especializada pelo estágio de Psiquiatria Clínica do Caism (Centro de Atenção Integrada a Saúde Menta) da Santa Casa de Misericordia de São Paulo e também pelo programa de especialização de psiquiatria do Instituto de Pesquisa e Pós Graduação da Faculdade de Ciências de Minas Gerais. Eterna participante em programas de atualização em psiquiatria, cursos e congressos na área da psicologia, psiquiatria geral e em temas específicos de saúde mental. Atende em consultório particular, ambulatório hospitalar, além de médica coordenadora de interconsultas psiquiátricas do Hospital San Paolo. Atualmente aprimorando-se e dando ênfase aos estudos sobre Mindfulness, com o propósito de introduzi-lo como terapia coadjuvante no tratamento de alguns transtornos (como por exemplo ansiedade). Tem também como objetivo trazer informação, conhecimento e práticas, não somente sobre mindfulness, mas também outros temas de saúde mental, afim de contribuir com a sociedade na busca do equilíbrio emocional e consequentemente numa melhoria na qualidade de vida. Consultório no Campo Belo Medical Center Av. Vereador José Diniz 3457 Conjunto 1411 - São Paulo Contato: 1155311712 / 11995077071 Email: contato@drahanaharabi.com.br Dra Hanah Arabi @drahanaharabi




Rua Conceição de Monte Alegre, 107, Torre B - 10º andar
Conj. 101 B Cidade Monções
São Paulo, SP, 04563-060


2020 - Instituto Life Coaching