Nutrição e imunidade

Existe alimento milagroso para melhorar a imunidade?



Atualmente, a pandemia causada pelo novo coronavírus colocou em estado de atenção à população mundial, que agora busca orientações sobre como se prevenir e se comportar. Como consequência, começaram as buscas pelo fortalecimento da imunidade com shots e suplementos. Porém, é importante salientar que este fortalecimento da imunidade não acontece de um dia para o outro, se não estiver associado a um estilo de vida saudável. O CFN (Conselho Federal de Nutrição) informa que não existem protocolos técnicos ou evidências científicas que sustentem dietas milagrosas, ou superalimentos contra a COVID – 19. 

Segundo o Guia Alimentar para a População Brasileira, para se manter saudável, é necessária uma alimentação diversificada, equilibrada e rica em minerais e vitaminas, com consumo de alimentos minimamente processados assim como frutas, legumes e verduras. (MINISTÉRIO DA SAÚDE, 2014). 

O que é uma alimentação saudável e equilibrada?

Uma alimentação saudável, é baseada na rotina alimentar e na sua diversidade de alimentos in natura e minimamente processados. Ao contrário do que muitos pensam, uma alimentação equilibrada não precisa ser cara ou difícil de seguir. Dietas radicais que excluem alimentos, são muito restritivas. A restrição alimentar, presente nas dietas da moda, levam a compulsão alimentar e prejudicam o sistema imune.

Frutas, legumes, verduras, grãos, cereais, carnes, leites e derivados são componentes essenciais para a manutenção da saúde e desenvolvimento de um sistema forte e devem fazer parte do dia a dia alimentar de todo indivíduo.

Existem alimentos que fortalecem a imunidade?

Como já dissemos, não existe nenhum superalimento que melhore a imunidade de forma isolada, é necessário ter uma alimentação saudável e equilibrada, como um todo.

Então, como ter um equilíbrio alimentar e melhorar a imunidade?

1) Beba em torno de 2 a 3 litros de água por dia.

2) Inclua arroz, feijão, frutas, legumes e verduras diariamente.

3) Inclua proteína como leite e derivados, ovos, peixe e carnes magras.

4) Evite cozinhar demais os alimentos, para que não percam os seus nutrientes.

5) Monte pratos coloridos. Quanto mais colorido, mais tipos de nutrientes diferentes teremos.

6) Durma bem. O sono é essencial para o descanso e reparo corporal.

7) Realizar atividade física liberada por um médico.

Além de seguir as orientações básicas para uma vida saudável, é de extrema importância seguir as orientações preventivas e protetivas do Ministério da Saúde.

Autor: Aline Netto





Rua Conceição de Monte Alegre, 107, Torre B - 10º andar
Conj. 101 B Cidade Monções
São Paulo, SP, 04563-060


2020 - Instituto Life Coaching