Passos para a mudança e desapegar

Saiba como iniciar o estilo minimalista em sua vida



Desapegar é a palavra-chave para ter uma vida plena e feliz, deixar pessoas, sentimentos, bens e coisas que lhe fazem mal no passado é o primeiro passo para aderir ao minimalismo e tornar sua vida mais leve e feliz. A simplicidade em sua vida fará com que você perceba o que realmente importa para ter uma vida cheia de realizações, liberdade e livre de preocupações. Algumas pessoas passam a vida inteira batalhando por um trabalho melhor, um salário maior e acabam deixando de viver plenamente, sempre se preocupando com coisas que podem ser deixadas no passado visando uma vida com mais liberdade e felicidade.

O primeiro passo para o minimalismo: desapegar

Ter mais liberdade em sua vida começará com o desapego, principalmente dos bens materiais que você se empenha em comprar, pois isso custa e o trabalho acaba sendo para manter seu consumo. Ao deixar de lado os bens materiais comprados de forma supérflua, você poderá utilizar o dinheiro para uma viagem com sua família, por exemplo, ou até mesmo mudar para um trabalho que pague menos, mas que seja um trabalho com que você sempre sonhou.

Praticar o desapego não é chegar em sua casa depois de um dia de trabalho e jogar tudo o que você possui fora, mas sim analisar tudo o que é essencial e se desfazer os excessos. Deixe para trás a impressão dada pela publicidade de que há a necessidade de possuir o celular que é lançamento ou trocar de carro todos os anos, mas sim coloque na balança o que é indispensável para sua vida e tente de desfazer do resto.

O minimalismo como estilo de vida

O consumismo desenfreado é parte do estilo de vida da maioria das pessoas que acredita que ao acumular bens materiais irá ser melhor sucedida, será
mais feliz e realizada. Já o minimalismo é um estilo de vida que ganhou forma nos últimos anos e prega que o que interessa é o autoconhecimento e valorizar tudo o que realmente importa para ter uma vida plena e feliz, além de eliminar o quê não se encaixa nessa lista. “Ame pessoas. Use coisas. O oposto nunca dá certo.” é uma frase presente no documentário disponível na Netflix sobre o minimalismo e resume bem a essência do movimento, então se você pretende iniciar uma vida livre e desapegada é interessante conferir as dicas que as pessoas entrevistadas no documentário deram para os iniciantes.

Como iniciar a mudança

Para iniciar uma vida minimalista você deve prestar atenção em tudo aquilo que é indispensável para sua rotina, não adianta tentar desaparecer com tudo de casa e depois precisar ir comprar itens que são necessários para seu trabalho ou família. Neste estilo de vida também não é necessário se privar dos prazeres de sua vida atual, por exemplo, se você tem uma coleção de livros não precisa se desfazer, mas sim escolher aqueles livros que têm maior apego e doar os outros. Algumas pessoas tornam o minimalismo uma mudança mais drástica, mudam de casa, doam todos os seus pertences ou até mesmo separam uma muda de roupas e vendem todos os seus bens embarcando em uma viagem pelo mundo. Independente do seu motivo para iniciar a vida minimalista, é importante achar o equilíbrio para ter uma vida plena, feliz e com muita liberdade para seguir seus sonhos.


Mario Meireles

Idealizador e Coordenador editorial

Mario H Meireles, atua como Life Coach desde 2012 e é apaixonado por desenvolvimento humano desde sempre. Fundador do Instituto Life Coaching, sua missão é difundir a paixão pelo conhecimento em todas as áreas da vida. Com 7 livros publicados, diariamente treina, mentora e inspira pessoas em todo o planeta. Encontrar sua missão causou uma grande mudança de rumo em sua trajetória e, hoje, auxilia pessoas que estão na mesma transição e despertar. Formalmente, é formado em Engenharia pela Universidade de São Paulo (USP) com estágio na SEAS - Schhool of Engineering and Applied Sciences da Universidade Americana de Harvard.




Rua Conceição de Monte Alegre, 107, Torre B - 10º andar
Conj. 101 B Cidade Monções
São Paulo, SP, 04563-060


2020 - Instituto Life Coaching