6 Formas de Liderar

Qual o melhor perfil de líder?



Na obra clássica O Monge e O Executivo, James C. Hunter define a liderança como: A habilidade de influenciar pessoas para trabalharem entusiasticamente visando atingir aos objetivos identificados como sendo para o bem comum. Partindo deste princípio, é possível exercer o papel de líder de diferentes formas, estratégias e perfis, visando sempre influenciar de forma positiva as pessoas e atingir grandes resultados. Através disso, existem variações de pesquisas e abordagens referentes aos estilos de liderança.

Todos reconhecem os bons líderes dentro das organizações, porém, ainda hoje é difícil dizer o que os diferencia dos demais. Segundo Daniel Goleman, existem seis perfis de liderança presentes nos líderes eficazes, que foram identificados através de uma pesquisa e com base nas competências de inteligência emocional. A seguir serão apresentados cada um deles.

AUTORITÁRIO

Este perfil demonstrou, nas pesquisas, ser extremamente eficaz em gerar resultados rápidos. Apesar do nome, o líder autoritário não é aquele que utiliza somente de um cargo hierárquico para que as pessoas o obedeçam. Este é um perfil visionário, são os líderes que sabem exatamente onde querem chegar e inspiram os outros a quererem estar lá. Caracterizam-se pelo foco em metas, objetivos claros e são compromissados com a missão da empresa. A liderança autoritária consiste então, em ter uma estratégia clara e fornecer ao time as condições necessárias para atingi-la.

COACH

Como o próprio termo já exemplifica, o líder coach atua como um treinador para seu time, focando no desenvolvimento de competências, orientações para a carreira e formulação de metas individuais e em grupo. Através de questionamentos, perguntas poderosas e tarefas desafiadoras, os líderes motivam e desenvolvem as pessoas. Este estilo também se caracteriza pela capacidade de delegar e percepção aguçada para identificar pontos fortes e fracos no time.

AFILIATIVO

A liderança afiliativa consiste em gerir a empresa e a equipe levando em consideração as emoções das pessoas. Este perfil pode ser identificado em líderes que realizam almoços e confraternizações fora do expediente, ou então, quando realizam reuniões para ouvir as opiniões e pontos de vista de cada um. Este estilo foca no ambiente harmonioso, na satisfação das pessoas e em criar conexões emocionais entre elas.

DEMOCRÁTICO

Este perfil é definido como aquele que evolve o time nos processos de tomada de decisão. O líder democrático é aquele que constrói uma ideia ou estratégia junto com as pessoas envolvidas, ouvido pontos de vista diferentes, analisando as percepções e estimulando a criatividade do grupo. Como resultado, é gerado maior engajamento, o aumento da capacidade de inovação e os colaboradores sentem-se mais satisfeitos, pois participam das decisões que irão impactar diretamente no trabalho e em suas carreiras. Contudo, é necessário atenção nesse estilo, para que as reuniões com o time não se tornem maçantes e improdutivas.

MARCADOR DE RITMO

A liderança marcadora de ritmo é uma forma arriscada de liderar e que deve ser usada com consciência e apenas no momento certo. Este estilo consiste em definir padrões de desempenho e utilizá-los para atingir grandes resultados. Ou seja, o líder dita o ritmo do time, com metas, objetivos diários, tarefas, e estratégias, utilizando de muita energia e liderando pelo próprio exemplo. Apesar de ser muito eficiente em atingir resultados quando bem utilizado, no caso contrário pode trazer muitos pontos negativos, como: frustração do time, falta de confiança por terem pouca autonomia, estresse por cobranças excessivas e clima organizacional negativo.

COERCIVO

Dentre todos os estilos de liderar, este deve ser o mais evitado. Isto se dá pelo fato de que, o estilo coercivo se caracteriza por redução de recursos, ou seja, corte de pessoas, de verba, eliminação de divisões da empresa e etc. Quando mal utilizado, este perfil de líder pode acabar com o clima organizacional, além de desestimular a comunicação interna e formulação de ideias. Portanto, a liderança coerciva deve ser utilizada apenas em momentos extremos, como grandes crises, por exemplo.

QUAL O MELHOR PERFIL DE LÍDER?

Diante dos perfis abordados no presente artigo, um questionamento fica em aberto: qual o melhor perfil de líder? A resposta é que não existe um melhor. Segundo pesquisas, os líderes mais eficazes não são aqueles que adotam um perfil específico, eles utilizam de todos ou quase todos os estilos de liderança, na hora que os convém. Sendo assim, é de extrema importância que tenham o conhecimento de cada um dos estilos e a inteligência para utilizá-los no melhor momento. Por exemplo, existem ocasiões onde o líder precisa ser autoritário, mostrando o caminho a ser seguido, em outras é necessário que seja democrático compreendendo outros pontos de vista, ou ainda, delegar tarefas e dedicar tempo e energia para o desenvolvimento do próprio time. Para isso, é necessário além do conhecimento dos perfis, a aplicação prática para que os utilizem de forma natural e eficaz.

Para maior aprofundamento do tema, indico a leitura o artigo: Liderança que traz resultados, do psicólogo americano Daniel Goleman.


Gabriel Lopes

Profissional de Recursos Humanos e Gestão de Pessoas

Atua na área de gestão de pessoas com: capacitações,  treinamentos e desenvolvimento de lideranças. Além disso, cursa especialização Black Belt em Lean Six Sigma, para otimização de processos.

Sua carreira profissional iniciou em uma multinacional italiana, onde teve a oportunidade de liderar uma equipe, implementar projetos e comandar o planejamento industrial da empresa. Neste período, através de um mentor dentro da Organização, despertou o interesse por liderança e gestão de pessoas. Seu objetivo profissional é auxiliar executivos, gestores e jovens profissionais, a se desenvolverem como líderes.




Rua Conceição de Monte Alegre, 107, Torre B - 10º andar
Conj. 101 B Cidade Monções
São Paulo, SP, 04563-060


2020 - Instituto Life Coaching