As TEMÍVEIS responsabilidades a superarmos!

Vencendo o desagradável, o inesperado e o inoportuno.



As responsabilidades de um negócio, seja qual for o porte, são diversas. Entre elas estão: as comerciais, administrativas, legais, sociais e ambientais. Como enfrenta-las quando forem desagradáveis, inesperadas e inoportunas?

 

Responsabilidades Desagradáveis

O que é, ou pode se tornar, desagradável para cada um de nós? Talvez não tenhamos pensado nisto, até hoje, a partir de uma pergunta formalizada. 

Para empreendermos com um nível satisfatório de determinação é muito importante que estejamos predispostos a enfrentarmos responsabilidades desagradáveis.

Como exemplo a execução de cargos, funções, atividades e tarefas que já tínhamos transferido para outro(s). Normalmente, nosso orgulho (ego) sabota nossa disposição e se não forçarmos nosso querer terminamos prejudicando o negócio por nossa omissão.

Na trajetória de todo negócio vão surgir, de uma forma ou de outra, responsabilidades desagradáveis. Para que tenhamos êxito, precisamos estar atentos e prontos a enfrentarmos as mesmas e vencê-las.

 

Responsabilidades Inesperadas

As urgências e emergências serão constantes no dia a dia dos negócios. Alguém, tem que atendê-las. 

Muitas vezes, seremos nós mesmos. E isto nos ajudará a estabelecermos uma liderança legítima e autêntica, ao passo que, como exemplo, estaremos predispondo nossos colaboradores a nos imitarem.

Inesperado, em negócio, não quer dizer sempre desagradável ou inoportuno, quer dizer que não estava previsto, que não era aguardado.

Necessitamos estar ligados, pois no inesperado poderá conter algo que se tornará muito agradável e trazer oportunidades embutidas que nos conduzirão a saltos extraordinários de performance (desempenho).

Tudo, é material de trabalho. Antes de rejeitarmos algo bruscamente, vamos nos permitir avaliar com olhar empreendedor.

Quantas oportunidades teríamos perdido se tivéssemos sido tratados com rejeição brusca pelos outros?

 

Responsabilidades Inoportunas

A preparação, que é o mesmo que qualificação prévia, sempre se mostrará como fora de tempo, inconveniente e/ou imprópria.

Ao utilizarmos tempo, investimentos e pessoas, num momento em que não haverá retorno imediato e que este esforço poderia ser canalizado para algo mais necessário a curto prazo, seremos muito combatidos.

Porém, há casos que se faz necessário a antecipação da preparação para que o negócio não seja demasiadamente surpreendido.

Assim, também, será com as responsabilidades. Haverá as que o empreendedor(a) terá que enfrentar fora do momento mais apropriado antevendo situações que poderão trazer transtornos, se não estiver preparado (previamente qualificado).

Todos nós temos uma tendência a nos acomodarmos. As responsabilidades rotineiras terminam nos colocando numa espécie de piloto automático.

O nosso grande desfio é estarmos predispostos a enfrentarmos, com positividade, as responsabilidades desagradáveis, inesperadas e inoportunas. Quando conseguirmos isto, seguiremos na direção certa, com sucesso.

 

 

Osmar Marinho           

Consultor Empresarial e de Empreendedorismo

OSMARNATUS CONSULTORIA


Osmar Marinho

Consultoria Empresarial

Iniciou no SEBRAE, como Técnico estagiário, em 1983, em seguida, atuou como Assistente de RH, Auditoria Interna, Administrativo de Vendas, Coordenador de Vendas, Coordenador de RH, Gerente Administrativo, Gerente Operacional, Consultor Técnico, Consultor de Administração, Consultor Empresarial. Escreveu e publicoui de forma independente os livros CHAMADO PARA VENCER e o 7 JOÃOZINHOS 7 MARIAZINHAS - TRANSFORMANDO ATITUDES EMPREENDEDORAS EM SUCESSO. Seu maior objetivo é cumprir seu juramento de honrar a sua profissão de administrador ajudando a transformar pessoas, empresas e a sociedade, deixando um legado digno de sempre se importar com todos, sem acepção. Linkledin: linkedin.com/in/osmar-marinho-de-santana-21493972




Rua Conceição de Monte Alegre, 107, Torre B - 10º andar
Conj. 101 B Cidade Monções
São Paulo, SP, 04563-060


2020 - Instituto Life Coaching