Como calcular o prazo de retorno de investimento do seu negócio (ROI)?

Descubra se os investimentos feitos pela sua empresa estão gerando resultados



Entre os indicadores econômicos relacionados ao mundo dos negócios, a taxa de retorno do investimento (ROI) é um dos indicadores mais importantes. Este é um termo muito comum em análise de investimento, usado principalmente para determinar retornos financeiros potenciais e passados. O indicador mostra o quanto os investidores ganharam (ou perderam) em relação ao valor do investimento. Mostrando ao mesmo tempo uma análise sobre o que aconteceu e uma perspectiva sobre o futuro.

 

Analisando de forma mais direta, calcular o ROI é necessário porque com ele é possível:

  • Avaliar como iniciativas e investimentos diversos contribuem para a obtenção de resultados;
  • Planejar objetivos e metas com base em resultados atingíveis;
  • Identificar o prazo de retorno dos investimentos, bem como a curva de resposta específica de cada um;
  • Viabilizar um processo mais objetivo de tomada de decisões, fundamentado em números;
  • Proporcionar um potencial aumento nos retornos e nos lucros.

Para calcular o período de retorno do investimento, o empresário deve primeiro confirmar o capital total a ser investido. Para obter financiamento inicial, inclua o investimento total em ativos fixos (móveis, equipamentos, imóveis, etc.), capital de giro próprio ou de terceiros, custos fixos e estoques necessários para a realização dos negócios.

 

Depois disso, prepare a seguintes demonstrativos:

 

  1. O Demonstrativo de Resultados, para se conhecer o Lucro Líquido do futuro negócio.
  2. Fluxo de Caixa mensal, para no mínimo três anos (36 meses).

Após obter as informações, é possível realizar os cálculos para a obtenção do retorno do investimento.

Cálculo: dividir o investimento total, inclusive o capital de giro e o valor do estoque inicial, pelo lucro líquido mensal. O resultado desta divisão indica o retorno do investimento, porém, não considera a evolução do negócio ao longo do tempo.

Existe uma frase conhecida no mundo dos negócios: 

“Um negócio Lucrativo nem sempre é rentável”. 

Mas, o que isto quer dizer na verdade?

 

Lucratividade

Quando o empresário(a), com dados financeiros de um determinado mês, divide o lucro líquido pelo faturamento, ele obtém a lucratividade do negócio.

 

Exemplo – utilizando o DRE (demonstrativo de resultados do exercício).

Para um negócio, na fase de planejamento, os valores serão assim estimados.:

Faturamento bruto mensal = R$ 25.000,00

Lucro líquido = R$ 1.250,00

Cálculo: (Lucro Líquido / Faturamento bruto mensal) => (1.250,00 / 25.000,00)

= 0,05 => 5,0%

 

Concluindo, o Lucro Líquido equivale a 5% do faturamento, ou a lucratividade

Mensal deste negócio é de 5%.

 

Rentabilidade

Quando o empresário(a) conhece as informações sobre o investimento inicial total e divide este valor pelo resultado estimado do fluxo de caixa anual, chega-se a taxa de retorno do investimento anual, ou a rentabilidade anual.

Exemplo – utilizando o resultado final do fluxo de caixa de um ano. Investimento inicial total = R$ 80.000,00 Resultado final do fluxo de caixa anual = R$ 3.200,00 (resultado médio de 12 meses).

Cálculo: (resultado do fluxo de caixa anual / investimento inicial total) =>(3.200,00 / 80.000,00) = 0,04 => 4,0%

A rentabilidade anual deste empreendimento é de 4,0% a.a.(ao ano) o prazo de retorno seria de 25 meses, dividindo o valor do investimento inicial total, pelo resultado médio mensal do fluxo de caixa.

Cálculo: (investimento inicial total / resultado médio do fluxo de caixa) =>(80.000,00 / 3.200,00) = 25 => 25 meses.

Neste caso, o negócio é lucrativo e rentável. Porém, se o investimento inicial total de uma Loja de sapatos fosse de R$ 800.000,00 e o resultado mensal do fluxo de caixa mantivesse o valor de R$ 3.200,00, teríamos a taxa de retorno de 0,4% a.a. e o prazo de retorno do investimento em 250 meses ou mais de 20 anos. 

Portanto, este negócio não apresenta uma rentabilidade atraente do ponto de vista de um investidor.

 

Espero que tenha ajudado a entender se é ou não vantagem esse investimento.

Bons negócios!


Nany Martins

Mentora e Executiva

Mentora, executiva e especialista em estruturação de negócios, Nany Martins, em seus 15 anos de experiência no mercado financeiro, se destacou e ganhou prêmios como executiva de inteligência de mercado. Formada em Administração de Empresas, pós-graduada em Finanças, com MBA em Negócios Internacionais e International Professional Master Coach - Institute of Coaching Professional Association (ICPA), órgão afiliado à HARVARD MEDICAL SCHOOL




Rua Conceição de Monte Alegre, 107, Torre B - 10º andar
Conj. 101 B Cidade Monções
São Paulo, SP, 04563-060


2020 - Instituto Life Coaching