Como construir o planejamento com renda mensal variável

Muitas pessoas têm variação em sua renda mensal por diferentes motivos.



É o caso de quem não possui salário fixo ou faz trabalhos de freelancer, por exemplo. Vale também para quem recebe um valor todo mês, mas eventualmente ganha bônus por performance. Saber se planejar com ganho variável é uma tarefa que demanda disciplina e vou explicar por que no post de hoje.

Alguns de meus seguidores já tiveram essa dúvida, pois sentem dificuldade em estabelecer um orçamento doméstico com uma renda que flutua mês a mês. Quem aprende a se planejar com renda mensal pode ter uma multiplicação significativa de patrimônio. Mas, para isso, deve manter os pés no chão.

Gastos precisam ser limitados

O orçamento doméstico prevê gastos fixos que consomem boa parte do ganho mensal – seja ele variável ou fixo. Quando não há garantia sobre a renda de cada mês, os gastos fixos com moradia saúde, transporte e alimentação devem respeitar um teto bem objetivo: o valor que você tem certeza que vai entrar a cada mês.

Digamos que você tenha uma garantia de 2 mil reais e pode receber até 3 mil reais além desse valor de acordo com o mês. Isso significa que, eventualmente, sua renda será de 5 mil reais. Porém, apenas 40% desse valor está garantido. O teto, nesse caso, é justamente de 2 mil reais.

Em muitos casos, esse limite pode tornar o orçamento bastante apertado e forçar uma redução no padrão de vida. No entanto, é a melhor forma de se planejar com ganho variável e manter as contas sob controle.

A recompensa vale o esforço

Viver com base no que existe de garantido na renda mensal pode significar privações, mas também tem seus momentos de recompensa. Um planejamento financeiro austero, que só prevê gastos fixos cobertos com a parcela conhecida da sua renda, funciona melhor. Assim, todo dinheiro que entra além desse montante é excedente e pode ser destinado à multiplicação do seu patrimônio.

Vamos voltar ao exemplo anterior. Se apenas 2 mil reais estão comprometidos com gastos fixos, sobram até 3 mil reais por mês que podem ser redirecionados para um investimento ou para pagar uma academia ou uma viagem à vista, por exemplo. Esse montante excedente também pode ser destinado à qualificação profissional, como a realização de um curso ou a aquisição de um equipamento.

Vale sempre lembrar que comprar à vista quase sempre é mais vantajoso do que comprar a prazo. Por isso, essa flexibilidade no orçamento tem o efeito imediato de economia.

Planejar com renda mensal variável em uma só palavra

Quando existe uma grande flutuação na renda mensal, as pessoas tendem a se empolgar com os momentos de bonança e comprometer as finanças. Reforço mais uma vez: gastos fixos devem respeitar a parcela da renda mensal que é garantida, mesmo que isso signifique uma redução drástica no padrão de vida. A palavra-chave aqui é disciplina. Quem for disciplinado para planejar com renda mensal variável tende a prosperar a médio e longo prazo.

 

Por: Gustavo Cersabi – Portal Money Times





Rua Conceição de Monte Alegre, 107, Torre B - 10º andar
Conj. 101 B Cidade Monções
São Paulo, SP, 04563-060


2020 - Instituto Life Coaching