Reserva de Emergência

Como criar?



Por mais organizado que seja o seu Planejamento Financeiro, é muito valioso ter consciência de que os gastos extras sempre aparecem em alguns momentos da vida e pode acontecer de não conseguimos deixar as finanças em ordem.

É impossível sabermos quando, como ou em qual intensidade. Por isso, é bom ter uma reserva de emergência para casos de:
• Manutenção do carro ou da casa
• Problemas de saúde na família
• Dificuldades no negócio próprio
• Desemprego

O que é Reserva de Emergência?

É o dinheiro que servirá de socorro na reorganização da sua vida, caso ocorra situações desagradáveis ,dentro e fora de casa. Antes de você iniciar uma reserva de emergência é muito importante ter bem claro os motivos que te leva a tomar esta atitude, pois para muitos guardar dinheiro ainda não é uma tarefa fácil. Existem diversos fatores que podem ocorrer e nos pegar desprevenidos. Vendo por este lado, a atitude mais inteligente a se tomar é fazer uma reserva de emergência, que é um valor separado para que você possa cobrir possíveis gastos que não estejam previstos no seu orçamento.

Reserva de Emergência é primazia

Com relação a finanças, a reserva de emergência deve ocupar o primeiro lugar na construção de um patrimônio, antes mesmo de comprar qualquer outro bem.

Ao contrário dos gastos com consumo, que podem ser adiados até que você tenha condições que sejam favoráveis com o momento. Gastos emergenciais não esperam e, por este motivo, muitas vezes, entra em dividas para cobrir.

Qual é a quantia certa para ter nessa reserva de emergência?

Muitos especialistas recomendam que essa reserva de emergência deve ter entre 6 a 12 meses das suas despesas mensais. Por isso é importante fazer o seu planejamento
financeiro! Com ele, você vai saber melhor dos seus gastos todos os meses. Assim, você pode fazer uma média e começar a formar o seu fundo de emergência e terá uma grande
clareza. Não esqueça, estas despesas devem ser registrada em algum lugar, bloco de notas, planilhas ou até mesmo em um caderno.

Estes são os passos para você colocar em prática desde JÁ

• Entenda que a sua reserva de emergência deve ter seis meses da sua Renda Líquida, ou seja, o que você recebe depois de todos os descontos do Holerite. Então, se você ganha R$ 3.000,00 líquidos por mês, sua reserva deve ser R$ .18.000. 00

• Por quer? R$ 3.000,00 X 6 meses= R$18.000,00 Como chegar nessa quantidade? Multiplico os meus gastos mensais por seis meses, caso ocorra algo e ficar sem renda, tenho seis messe de caixa

• Como deve poupar ? o recomendável seria 20% da sua renda, mas se você ainda não tem este habito, inicie com 10%

• Onde colocar este dinheiro? Em um lugar certo que tem liquidez diária . Ou seja, você poderá sacar quando precisar, como Tesouro Selic ele é bem indicado por ser seguro e coberto pelo FGC (Fundo garantidor de credito). Esta dica é importantíssima: mexa nesse dinheiro apenas se precisar!

Diante de tudo que foi abordado neste artigo, podemos concluir que para termos uma reserva de emergência, devemos primeiro obter uma boa educação financeira. É necessário que seja por meio de livros, cursos online ou presencial.

Através destas informações a sua vida financeira se torna mais rica.


Nilza Macedo

Coach Financeira

Há 10 anos atuando como sócia proprietária e administradora de uma confecção de roupas femininas, onde pôde aprender muito sobre a Gestão de Empresa, de Pessoas e Finanças. Trabalha com cronoanalise e cronometragem. Atua como Coach Financeira para auxiliar as pessoas a colocarem a sua vida financeira em ordem, aumentar as suas chances de realizar os seus sonhos de forma mais rápida, para concretizar seus projetos pessoais, vivendo de verdade a vida que deseja! YOUTUBE: nilzamacedo




Rua Conceição de Monte Alegre, 107, Torre B - 10º andar
Conj. 101 B Cidade Monções
São Paulo, SP, 04563-060


2020 - Instituto Life Coaching