Dica de ouro para os pais

Imagina receber um presente que pode revolucionar o relacionamento em sua casa, e fazer com que todos os membros da família respeitosamente convivam em plena harmonia?!



Muitos aborrecimentos podem ser evitados a partir de uma atividade simples praticada entre os amantes da disciplina positiva. A reunião familiar.

Imagine essa cena:

A mãe chega em casa após um dia exaustivo de trabalho e encontra mochilas, casacos, livros, brinquedos, bolacha, copos vazios e sapatos espalhados pela casa toda. “Por que vocês não recolhem suas coisas? Eu gosto de ficar com vocês, mas fico tão chateada quando vejo essa bagunça toda que acabo perdendo o prazer.” Por mais que as crianças arrumassem tudo o mais rápido possível, o descontentamento já estava presente.

É óbvio que a casa desordenada não incomoda as crianças, é um problema da mãe, que com a ajuda dos pequenos, juntos, poderiam encontrar uma solução.

Reunião familiar.

Você concorda que uma estrutura familiar se assemelha muito a uma empresa? Valores, objetivos, planejamento financeiro, colaboradores, resoluções de problemas, aprendizado e evolução constantes são alguns pontos em comum entre essas instituições. Então, que tal encarar uma das ferramentas mais importantes para alinhamento de interesses dentro da nossa própria família?

A reunião familiar também pode ser um método bem-sucedido para aumentar a cooperação e a proximidade entre os membros, uma vez que todos são incluídos no processo. Lembre-se de uma premissa do ser humano, sentir-se incluído!

O passo a passo.

Reuniões de família podem e devem ser flexíveis, vou deixar aqui alguns pontos importantes e dicas para a estruturação destes encontros memoráveis. 

  1. Escolha o presidente e o secretário da reunião. Deve haver um revezamento para estas funções. Crianças amam ser o presidente, e podem fazer um excelente trabalho depois dos 4 ou 5 anos de idade. O presidente convoca os membros (todos da casa) e abre a sessão com a fala (reconhecimento – passo 2), fazendo a passagem de bastão posteriormente. O secretário deve ser alguém da família que saiba escrever, pois será o responsável pelas anotações antigas e as novas decisões tomadas. Normalmente a geladeira na cozinha é um ótimo lugar para deixar as anotações para todos verem.
  2. Reconhecimento. Comece com cada um fazendo um reconhecimento de todos os membros da família. Falar o que enxerga de positivo em cada familiar. Não permita que a palavra “mas” faça parte deste momento, caso haja dificuldade, aproveite o momento para discutir o assunto.
  3. Gratidão. Cada membro compartilha algo ou alguém pelo qual é grato.
  4. Resolução de problemas. Ao invés de discutirem uma consequência para cada problema, foque em soluções. 
  5. Planejamento de atividades. Neste momento, vocês podem planejar algum evento onde todos irão participar, uma atividade de fim de semana ou até organizar as férias de fim de ano. Programas divertidos, algum prato especial que vocês queiram preparar juntos. Definir os dias em que os pais vão sair individualmente com os filhos, e também o dia do casal, podem fazer parte deste passo.
  6. Discussão de tarefas e responsabilidades. Neste passo, uma tabela de organização semanal das tarefas pode ser muito útil. O revezamento das tarefas é muito positivo para manter a motivação pós reunião.

Fechando com chave de ouro.

Tenho certeza que a união, companheirismo, empatia, amor e gentileza farão parte dos sentimentos gerados a partir da prática da reunião familiar semanal. Sempre no mesmo dia e no mesmo horário, não deixe que nada interrompa este momento mágico entre as pessoas mais amadas de nossas vidas. Aproveitem esta dica de ouro e sejam campeões em seus relacionamentos. Um lar feliz e estruturado, gera futuros adultos confiantes e capazes de levarem suas vidas de forma plena e próspera, isso é impagável.


Ana Ferrer

Treinadora Comportamental

- Educadora Cultural e empresária no ramo educacional há 28 anos. - Formada em Letras com especialização em Gestão Escolar. - Pós graduanda pela PUCRS em Neurociência e Comportamento. - Positive Coach e Master em Programação Neurolinguística. -Fundadora do Projeto A.Cor.Da! para jovens adolescentes e professores "Busco a felicidade e inspiro pessoas a fazerem o mesmo. Amor próprio, autoconhecimento e aprendizado constante nos levam à plenitude."    




Rua Conceição de Monte Alegre, 107, Torre B - 10º andar
Conj. 101 B Cidade Monções
São Paulo, SP, 04563-060


2020 - Instituto Life Coaching