A máquina de lavar só lava se você ligar

Só de pensar em colocar a roupa suja para lavar, já me cansei! Mas se eu preciso amanhã da minha camisa polo limpa, vou ter que agir hoje.



Era uma vez uma pilha de roupas sujas que foi para a lavanderia e se transformou em uma pilha de roupas limpas, mal dobradas e amontoadas na prateleira do quarto, ao lado da pilha lavada e mal dobrada da semana passada. Sapatos fora da sapateira, documentos desarquivados e livros espalhados fazendo de conta que estão sendo lidos enquanto a dona faz de conta que tá dando conta do todo.

Se não ter um plano também é um plano, não agir também é agir? 

Algumas pessoas podem funcionar muito bem com a falta de planos e a falta de ação. É como se estivessem vivendo em um modo, “deixe a vida me levar, vida leva eu”. E a vida leva, só não se sabe pra onde, mas leva. E se acham correto ir para qualquer lugar, não se importando com o caos que fica pra trás, está tudo bem. Mas confesso que dá dor de cabeça, fadiga mental, e muito desconforto quando temos a fonte virada do avesso. A casa é a base de tudo, o fundamento, a paz que precisamos quando retornamos da matrix

Se nos encontramos em um cenário onde tudo parece estar fora do lugar, comece a organização aos poucos, mas comece. Aja. 

Acredite, a bagunça só aumenta, não existe uma varinha mágica, ou um piscar de olhos que vai fazer o trabalho sujo desaparecer e de repente, tudo estar brilhando a sua frente. Se o trabalho é seu, é de sua responsabilidade assumi-lo. Viver uma vida de faz de conta no mundo em que vivemos hoje, pós industrial, automatizado, viciado no overtime, fingindo uma igualdade que não existe, nos tira do movimento, e é o mesmo que andar para trás. 

Não é sobre ter pressa, é sobre ação.

Não é sobre pressão, é sobre responsabilidade.

É sobre o que posso fazer hoje, que me traz serenidade e resultado positivo. Já basta a bagunça lá fora. Aqui dentro eu quero PAZ!

Dar o meu melhor, é o mínimo que posso fazer para retribuir o presente divino que é viver, independente do que acontece do lado oposto. 

Olhe para todas as áreas da tua vida, e busque com carinho as roupas sujas pelo caminho, aquelas escondidas em algum canto. Organize a bagunça, e veja o impacto positivo que isso vai causar em teu ciclo. 

É sistemático. Pequenas ações, grandes prazeres. 

Vamos ser feliz hoje. De pouquinho em pouquinho chegamos ao paraíso, literalmente.


Ana Ferrer

Treinadora Comportamental

- Educadora Cultural e empresária no ramo educacional há 28 anos. - Formada em Letras com especialização em Gestão Escolar. - Pós graduanda pela PUCRS em Neurociência e Comportamento. - Positive Coach e Master em Programação Neurolinguística. -Fundadora do Projeto A.Cor.Da! para jovens adolescentes e professores "Busco a felicidade e inspiro pessoas a fazerem o mesmo. Amor próprio, autoconhecimento e aprendizado constante nos levam à plenitude."    




Rua Conceição de Monte Alegre, 107, Torre B - 10º andar
Conj. 101 B Cidade Monções
São Paulo, SP, 04563-060


2020 - Instituto Life Coaching