Indo aonde não imaginei! Realizando o que não sonhei!

Será uma mera coincidência?



Sabemos que O Sucesso Não Ocorre Por Acaso (Dr. Lair Ribeiro), que é preciso estabelecer uma Gerência Descomplicada (Richard S. Sloma), que temos que ter as Estratégias em Perspectiva (Carl Stern e George Stalk), mas o que significa um Fluxo Operacional Constante Continuo Objetivo – F.O.C.C.O. (Osmar Marinho)?

Recentemente, fiz uma publicação na qual apresentei uma definição para a sigla F.O.C.C.O., título de um dos meus livros, e fui muito feliz, pois a aceitação foi maravilhosa.

Há objetivos que alcançamos, tanto na vida pessoal, profissional, empreendedora, quanto na vida organizacional, que parecem, ou pensam, que foi uma mera coincidência. No entanto, sabemos que não foi coincidência, mas o resultado de ações que envolveram modelos, metas, métodos, avaliações, méritos e melhorias. Cada uma dessas coisas, e as demais, passaram pelos cinco pontos que trataremos a partir de agora:

F = Fluxo

Crie um fluxo, dê partida em algo que você precisa desencalhar.

A realidade é que tudo começa pela montagem de um modelo, quer seja pessoal, profissional, empreendedor, organizacional, etc. Há, basicamente, duas formas para modelar, são elas:

Modelação Natural

É a que acontece ao longo da nossa vida e que vamos absorvendo pelas influencias causadas pelos contatos que temos com pessoas, ambientes, situações, eventos, etc. Precisamos estar atentos, quanto melhores forem as pessoas, os ambientes, as situações, os eventos, etc. com os quais nos envolvamos, melhores serão os modelos que replicaremos. O inverso não será diferente. Quanto piores forem as pessoas, ambientes, situações, eventos, etc., serão os modelos que replicaremos.

Muitas das nossas aspirações se formam por essas influencias. Há muitas pessoas replicando modelos que não estão alinhados com sua vocação, seus gostos pessoais, seus desejos e isto tem causado muitas frustrações e perda de tempo e outros recursos.

Há muitas pessoas modelando negócios, influenciadas de forma natural, sem perceberem, o que as tem levado à desistência, provocando o fechamento desses negócios e criando medo nessas pessoas em empreender novamente.

Modelação Intencional

No livro 7 JOÃOZINHOS 7 MARIAZINHAS, no conteúdo ATITUDES EMPREENDEDORAS, aponto algumas intenções que levam as pessoas a pensarem na necessidade ou possibilidade de ter um negócio, o que também as levam a necessidade de terem um modelo.

Diante das constantes mudanças no mercado como um todo e principalmente no mercado de trabalho, cada vez mais as pessoas precisam de alternativas de trabalho e renda. Neste momento, normalmente, aparecem muitas possibilidades e isto termina confundindo e levando muitos a decisões infelizes.

A pergunta é: Quem não modelou algo que depois teve grande trabalho para se livrar daquilo? Acredito que a maioria de nós. Por isto estou trazendo esta reflexão e algumas dicas embutidas, para que possamos nos conduzir o mais positivamente possível ao modelarmos algo. (Livro F.O.C.C.O.)

O = Operacional

Estabeleça as ações e ponha em prática, não pense na chegada. Vá em direção a ela.

Para falar de execução quero trazer um breve relato sobre algo que vivenciei há muito tempo, mas precisamente em 1984, quando era assistente de recursos humanos, meu primeiro emprego com carteira assinada.

Naquele momento era liderado por um gerente operacional muito competente. Estávamos aplicando a GPO, Gerência Por Objetivos, e aquele profissional me disse algo que hoje me recordei, mas que sempre considerei e apliquei.

Ele me disse: Osmar, se você colocar um médico para trabalhar na embalagem, não importa os títulos que ele tem, se é um excelente médico, na embalagem ele terá que ser um bom embalador, senão teremos que dispensá-lo.

Em muitos momentos da vida pessoal, profissional, empreendedora, e mesmo organizacional, precisaremos executar algumas funções que não gostaríamos, ou designar para alguém que também não gostaria de executar. Quando essa barreira não é transposta a meta não é cumprida, logo, o objetivo não é atingido.

Transformando AÇÕES em OPERAÇÕES

Ao iniciarmos uma atividade comercial (venda), industrial (fabricação), ou de serviços (prestação) se faz necessário a execução de tarefas (ações).

Conforme a simplicidade da realização da atividade torna-se possível um domínio das tarefas de forma satisfatória.

Entretanto, com a continuidade do fluxo das ações constata-se a necessidade de sistematizar essas ações. Isto exige transformar ações em operações.

Nas ações tudo é acompanhado de forma independente. Nas operações já se entende a dependência entre as ações.

Exemplificando. (Trecho do livro F.O.C.C.O.)

Estabelecer metas

Todos sabemos que metas são passos em direção a um objetivo. Ao decidir modelar um negócio teremos que estabelecer esses passos e começarmos a caminhar em direção ao nosso modelo.

Para isto, as metas terão que ser, basicamente: pontuais, quantificadas e datadas.

Metas pontuais

A pontualidade de uma meta visa atingir um ponto específico, que não deixa espaço para desvio de direcionamento. Ela tem que ir do ponto de partida até o ponto de chegada de forma bastante clara e específica. Vejamos o exemplo a seguir.

Para uma meta anual de fidelização de 1200 clientes. Temos que fragmentar esta meta para as quantidades mensais, semanais e diárias. Sendo que a meta mensal, são 100 clientes, a meta semanal, são 25 clientes e a meta diária, 5 clientes.

Todos os outros pontos relacionados a esta meta terão que acompanhar a mesma proporção, ou seja, se para cada cliente fidelizado precisamos de, por exemplo, 5 clientes introduzidos, então, a nossa meta de introdução passa a ser a seguinte: meta anual, 6000 clientes, mensal, 500 clientes, semanal, 125 clientes e diária, 25 clientes.

Sucessivamente, se precisarmos, para cada cliente introduzido, de, por exemplo, 5 clientes atraídos, então, a meta de atração passa a ser: anual, 24000, mensal, 2000, semanal, 500 clientes e diária, 100 clientes. Ilustrando:

Metas quantificadas

No exemplo apresentado vemos a quantificação da meta, seguindo paralela com à pontualidade.

Vale ressaltar que na prática haverá oscilações de resultados e, consequentemente, de valores, daí a importância da fragmentação da meta, pois através da mesma será possível corrigirmos os rumos dos resultados, mantendo-os na direção projetada.

Metas datadas

Estabelecer datas para o atingimento das metas, proporciona o acompanhamento eficaz dos resultados.

É necessário enfatizar que a data de partida, ou seja, o início da busca da meta tem a mesma importância que as datas intermediarias e a data final.

Esse é o processo conhecido como cronograma.

Em suma, para tudo que formos realizar vamos precisar estabelecer metas e o mais importante, cumpri-las.

O que vemos no exemplo apresentado é a transformação de uma ação de fidelização em uma operação de fidelização, onde partimos, do objetivo (resultado final), fragmentando, ou seja, subdividindo até a ações (tarefas) iniciais, tudo de forma interligada.

A empresa que mencionei, no início, saltou de 300 colaboradores para 4.000, em 05 (cinco) anos, sendo reconhecida entre as 20 empresas que mais cresceram, em 1991.

C = Constante

Repita persistentemente, repita novamente e siga repetindo.

Não sei se você que está lendo este artigo tem uma conta no Linkedin, mas eu tenho uma conta lá e tem um gráfico que apresenta a métrica (desempenho das visualizações do perfil) semanal. Ali é possível ver claramente o efeito relevante da constância nas ações e operações.

Em fevereiro de 2019, tinha 67 (sessenta e sete) conexões e quando aparecia uma visualização do meu perfil, a cada três meses, ficava feliz. Hoje, 18 (dezoito) meses depois, estou com mais de 28.000 (vinte e oito mil) conexões e no último relatório trimestral ultrapassei mais de 3.000 visualizações do meu perfil, em 90 dias, com picos de 300 visualizações em uma semana.

É necessário a constância em todas as ações e operações, quer seja de vendas, atendimento, etc. Quantos negócios não se perdem por não saber estabelecer e sistematizar seu atendimento achando, apenas, que vender é atender?

C = Contínuo

Estabeleça níveis (degraus) sequenciais que exijam continuidade.

Algo extraordinário para ajudar sobremaneira a constância e a continuidade das ações e operações é, para mim, sem sombra de dúvidas, a implementação de programas.

No nosso livro 07 JOÃOZINHOS 07 MARIAZINHAS, trago o PROANIMO, Programa de Aceleração do Nivelamento e Melhoria Organizacional.

Tivemos a felicidade de implementar esse programa em uma das maiores empresas de Pré-Moldados do Rio de Janeiro e os resultados foram excepcionais.

A operação é um nível superior à ação. O programa é um nível superior à operação. Em todas as áreas da vida, já sabemos, não conseguimos resolver os problemas nos mesmos níveis que eles ocorrem, é preciso subir para um nível (degrau) mais elevado.

O = Objetivo

Fixe o ponto final. A conquista desejada. O sucesso alcançado.

Uma das frases, que está em um dos meus livros e que virou reflexão no livro F.O.C.C.O., que mais gosto é: Uma caminhada, jornada, trajetória, nunca começa antes de darmos o primeiro passo e nunca termina antes de darmos o último.

Seja ação, operação, programa, etc., tem que ter partida (primeiro passo) e chegada (último passo). É como esse artigo, teve seu inicio e agora estamos chegando no seu final.

E para finalizar este artigo, até para que não se torne muito extenso, quero citar duas pessoas:

A primeira, é Mario Henrique Meirelles, o fundador do Instituto Life Coaching. Em julho de 2019, fui à São Paulo, de uma forma muito especial.

Estava ali para entregar dois presentes a um caro amigo e aproveitei a oportunidade de estar pessoalmente com o Mario. Almoçamos juntos e em seguida participei de uma apresentação que ele fez sobre óleos essenciais (Doterra).

Acredito que nem eu e nem o Mario imaginou que aquele contato chegaria a este artigo e a todos os outros artigos, já postados, através do Instituto Life Coaching. O mais interessante é que conheci o Mario através do seu canal: Escola do Marketing Multinível, no Youtube.

Esse encontro foi um dos lugares que não imaginei que estaria e passar a ser colunista de um Instituto foi uma das realizações que não sonhei, mas que aconteceu, também, de uma forma muito especial.

A segunda, é o Adezinho, assim o conhecemos. Ele tem a difícil missão de cortar meus cabelos todos os meses há cerca de 08 (oito) anos e, também, é meu caro leitor e cliente das minhas publicações (livros), inclusive ele tem uma publicação, a minha primeira, que foi um livreto, que nem eu tenho.

Mas, porque estou citando o Adezinho neste artigo? Aí é que mora o detalhe. Hoje, estive com ele para mais uma vez cortar os cabelos e, como sempre ele faz, perguntou-me como iam as coisas.

Ao responder considerando este tempo de pandemia, que estamos atravessando, finalizei dizendo: INDO AONDE NÃO IMAGINEI! REALIZANDO O

QUE NÃO SONHEI.

Espero que você, caro leitor, vença, não somente este tempo, mas outros também, e possa dizer, sempre, quando lhe for perguntado como vão as coisas: Indo aonde não imaginei. Realizando o que não sonhei e que isto seja real em sua vida e seja motivo de sucesso e felicidade.

Em tudo, não nos esqueçamos, a Glória é de Deus (Cristo). Mas a vitória é nossa.

Osmar Marinho – Consultor de Empreendedorismo.


Osmar Marinho

Consultoria Empresarial

Iniciou no SEBRAE, como Técnico estagiário, em 1983, em seguida, atuou como Assistente de RH, Auditoria Interna, Administrativo de Vendas, Coordenador de Vendas, Coordenador de RH, Gerente Administrativo, Gerente Operacional, Consultor Técnico, Consultor de Administração, Consultor Empresarial. Escreveu e publicoui de forma independente os livros CHAMADO PARA VENCER e o 7 JOÃOZINHOS 7 MARIAZINHAS - TRANSFORMANDO ATITUDES EMPREENDEDORAS EM SUCESSO. Seu maior objetivo é cumprir seu juramento de honrar a sua profissão de administrador ajudando a transformar pessoas, empresas e a sociedade, deixando um legado digno de sempre se importar com todos, sem acepção. Linkledin: linkedin.com/in/osmar-marinho-de-santana-21493972




Rua Conceição de Monte Alegre, 107, Torre B - 10º andar
Conj. 101 B Cidade Monções
São Paulo, SP, 04563-060


2020 - Instituto Life Coaching