Resenha do livro MANIFESTAÇÃO

Veja como a Lei da Atração pode mudar completamente nossas vidas!



Durante o início da minha vida adulta, fui uma pessoa pessimista e autodestrutiva. As pessoas do meu convívio viviam apontando qualidades em mim, dizendo que eu era uma menina autêntica, criativa, inteligente, culta, intelectualizada, divertida e dinâmica. Porém, eu não enxergava nada disso. Pelo contrário, sempre colocava defeitos em mim mesma, e adorava culpar Deus pelas dificuldades que eu encontrava em meu caminho e que me paralisavam. Acredito que assim como essa jovem mulher, milhões de pessoas no mundo vivem com essa mesma programação mental negativa. Programação esta, que não serve pra nada além de nos deixar cada vez mais angustiados e parados no tempo. Nos últimos anos, venho trabalhando isso em mim, deixando de lado pensamentos negativos, enxergando o meu real valor e acreditando que sou merecedora de coisas extraordinárias. Só de fazer este movimento, essa simples mudança de mindset, já percebi diferenças positivas em minha vida. E é exatamente neste ponto que começo a falar sobre a leitura que realizei recentemente do livro “Manifestação”. Quisera eu que alguém tivesse colocado esse livro em minhas mãos quando eu tinha 20 anos (risos). Sem dúvida alguma, minha jornada até aqui teria sido encarada de uma forma mais leve. Porém, como o universo se encarrega de tudo, esse livro acabou chegando em minhas mãos no momento certo.

Basicamente, este livro fala da influência da Lei da Atração em nossa realidade. O livro é dividido em duas partes, sendo a primeira teórica, e a segunda, prática. 

Na parte teórica, o autor nos apresenta as premissas básicas dessa lei. São 10 premissas que nos explicam como a Lei da Atração age em nossas vidas. 

O autor enfatiza que seria uma perda de tempo tentarmos entender o funcionamento da lei em si, até porque ela ainda não é completamente compreendida pela humanidade. Temos o costume de acreditar nas coisas apenas quando elas são estudadas, comprovadas e racionalmente compreensíveis. Caso contrário, duvidamos, pois o ser humano tem essa mania de querer controlar absolutamente tudo. E o que não compreendemos de forma racional, foge ao nosso controle, e a tendência é rejeitarmos tudo aquilo que não compreendemos ou controlamos. Acredito que agimos assim até mesmo como um mecanismo de defesa. Mas, às vezes, é importante desapegar um pouco desse lado racional e deixar aflorar nosso lado sensitivo. A Lei da Atração existe e sua ação é real. Mesmo que não consigamos entendê-la completamente, sua influência direta em nossas vidas é real. A única coisa que devemos fazer é confiar e deixar que ela aja na realidade de cada um.

A Lei da Atração nada mais é que a ideia de que o universo te proporciona exatamente aquilo que você vibra e sente. Ou seja, você mesmo cria a sua própria realidade, seja ela positiva ou negativa. Muitas vezes almejamos conquistar algo, mas vibramos ansiedade e medo, e dessa forma, o universo nos dá mais da nossa realidade atual, ao invés do que almejamos. Porém, se ajustarmos nossos objetivos à vibração certa e aos sentimentos certos, tenha certeza de que o universo vai nos proporcionar exatamente aquilo que almejamos. Pode não ser da forma como imaginamos, pois o universo age da forma dele, não da nossa. Porém, é certeiro que as mudanças acontecerão.

Nessa altura você deve estar se perguntando: “Ok, mas como faço para vibrar e sentir da forma correta e alinhada com os meus objetivos”? A resposta está nas Premissas Básicas da Lei, explicadas detalhadamente na primeira parte do livro.

Em primeiro lugar, somos responsáveis por absolutamente tudo o que aconteceu em nossas vidas até o momento. Não podemos culpar pessoas por nada que tenha nos acontecido, pois a única pessoa capaz de criar a sua realidade é você mesma(o). Logo, o que aconteceu com você, você mesma(o) atraiu de alguma forma. A Autorresponsabilidade e o Autoperdão são os primeiros passos para modificar seu ponto de atração e deixa-lo na vibração correta para o que você quer atrair para a sua vida. Aliado a esses dois pontos, também devemos trabalhar para eliminar as Resistências, que são forças contrárias aos nossos objetivos e que muitas vezes estão dentro de nós. Os pensamentos de Escassez também desregulam nosso ponto de atração. Reclamar que não tem dinheiro ou que não tem uma vida boa, por exemplo, só servem para te deixar com menos dinheiro ainda e com uma vida ainda pior. Quanto mais escassez você manifesta, mais escassez atrairá. Ao contrário, quanto mais prosperidade você manifesta, mais prosperidade atrairá. Essa é a essência da Lei da Atração. Lindo, não é mesmo?

Para vibrar da maneira correta, você deve escolher onde focar sua energia. Onde o seu foco está, determina seu estado emocional, e consequentemente suas ações e sua vibração. Escolha as coisas certas pra focar. Se está ruim, escolha focar em objetos mais compatíveis com o que quer atrair. Além disso, as declarações também são fundamentais para determinar nosso ponto de atração. O que falamos e a maneira como falamos mandam informações valiosas para o nosso cérebro e também para o universo. Por isso, devemos sempre cuidar para falar de forma positiva e evitar o uso de palavras negativas. Por incrível que pareça, até nossa fisiologia interfere em nosso ponto de Atração. Movimentar nosso corpo modifica nossa composição hormonal, modificando nossa percepção da realidade e nossas emoções. E aqui já sabemos que nossos sentimentos são de vital importância para atrairmos o que almejamos. Além disso, devemos simplesmente confiar no universo, ele é infalível e suas leis são exatas e imutáveis.

Antes de falar um pouco sobre a segunda parte do livro, é importante ressaltar que, apesar de não compreendermos racionalmente o funcionamento da lei da atração, todas as páginas da primeira parte do livro fizeram total sentido pra mim. A gente sente e sabe que tudo aquilo é real.

Na segunda parte do livro, a parte prática, é proposto um exercício com 30 dias de duração. Devemos escolher um objetivo pra focar, e a cada dia devemos fazer uma pequena rotina matinal e outra noturna, que consistem em ativação fisiológica, visualizações, agradecimentos e confiar no universo. São apenas 5 minutos pela manhã e 5 minutos antes de dormir. Com essas pequenas práticas diárias, em 30 dias devemos ter conquistado esse objetivo proposto (se for um objetivo de curto prazo), ou estarmos muito mais próximos de objetivos maiores. O autor nos mostra a possibilidade de fazer esse projeto de 30 dias outras vezes. Os benefícios serão notáveis.

Pessoal, eu gostei muito de ter realizado essa leitura, foi importantíssima pra mim, o livro que eu precisava ler nesse momento da minha vida. Achei incrível a forma como o universo se encarregou de fazê-lo chegar até mim (risos)! Recomendo demais a leitura a vocês, eu distribuiria esse livro por aí, pois o potencial dessas informações para modificarem de fato a vida das pessoas é enorme, muita gente nem sabe que a Lei da Atração existe, e simples ajustes poderiam fazer diferenças enormes.

É isso! Muito obrigada e até a próxima resenha.


Luisa Faria

Profissional de Educação Física

Luisa Faria é profissional de educação física por formação, mas sua verdadeira paixão é mergulhar no universo dos livros e extrair deles valiosas lições. Movida por essa paixão, criou um canal no YouTube para compartilhar suas aventuras literárias e aprendizados sobre a vida, principalmente sobre ser mulher na sociedade em que vivemos. No Instagram também compartilha seus conhecimentos.




Rua Conceição de Monte Alegre, 107, Torre B - 10º andar
Conj. 101 B Cidade Monções
São Paulo, SP, 04563-060


2020 - Instituto Life Coaching